vote

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Human Temple - Insomnia (2004) Finlândia


Fundado na Finlândia em 1998 por Janne Hurme (voz), Jari Salo (guitarra), Harri Kinnunen (baixo), Tony Green (teclados) e Petri Lehto (bateria), este pessoal batalhou muito sem nada acontecer. Até que, em 2002, liberam sua primeira demo chamada "Walk Between The Shadows" e obtém boa resposta por parte da mídia e público. A partir daí, começam a trabalhar neste seu debut chamado “Insomnia”, sendo que, um mês depois de finalizado o disco, são contratados pela gravadora MTM.
Ao contrário de seus conterrâneos Stratovarius e Sonata Arctica, o Human Temple passa longe do metal melódico, investindo num hard rock AOR vigoroso e dono de ótimas melodias. As referências ao hard rock oitentista são grandes, há elementos de Dokken, Europe e algo de Journey, mas a banda tem consciência suficiente para colocar em suas canções algo seu e, o mais importante, bom gosto no momento de fazê-lo.
E o resultado final possui uma sonoridade bastante atualizada e de ótima audição, com um senso de beleza e requinte digno de nota. “Insomnia” traz ainda inúmeras participações especiais, sendo as mais conhecidas Emppu Vuorinen (Nightwish), Jani Liimatainen (Sonata Arctica) e Erkka Korhonen (Urban Tale), cada um deles pode ser ouvido em uma canção.
É covardia destacar algo neste disco, a única faixa que destoa de todo o resto é “Animal”, que é realmente cansativa. De resto, não há canções ruins. O timbre da voz Janne é muito agradável e a banda que o acompanha é de primeira linha. A proposta musical aqui não é aquele hard rock selvagem, mas possui distorção suficiente para agradar a muita gente, assim como há baladas dirigidas pelos teclados que emocionarão aquele cabeludo (a) de coração-mole.
Eu devo dizer que “Insomnia” me deixou ótimas impressões, sendo outra excelente banda de um país que já revelou conjuntos renomados ao mundo. Felicitações ao Human Temple e à distribuidora WET Music, pelo bom gosto na seleção de seu material.
Apenas como curiosidade, o vocalista Janne Hurme, desde adolescente é amante do rock´ n´ roll, porém se tornou muito conhecido na Finlândia por fazer música para audiências bem diferentes, no caso, música pop! É mole?!?

Por Ben Ami Scopinho no whiplash.net

Temas:
01.I’m Sorry
02.Goin’ All The Way
03.Dream Child
04.Out Of Love
05.Desert Rain
06.Animal
07.Walk Between The Shadows
08.Judas My Brother
09.On A Night Like This
10.Till’ The Day I Die
11.Forever

Banda:
Janne Hurme: Vocals
Jari Salo: Guitar
Tony Green: Keys
Harri Kinnunen: Bass
Petri Lehto: Drums



Sem comentários: