domingo, 16 de outubro de 2016

Avenger - The Slaughter Never Stops (2014) UK



Havia muitos heróis desconhecidos que saíram da cena NWOBHM que nunca se materializaram. Caso em questão, Avenger. Formandos em 1982 em Newcastle, eles lançaram seu álbum de estréia Blood Sports em 1984. No entanto, a banda foi uma das muitas bandas da NWOBHM de segunda linha que caíram à beira do caminho e eles se separaram no ano seguinte. Felizmente, Avenger foi reunificada em 2005. O terceiro álbum da banda, The Slaughter Never Stops, celebra o 30º aniversário da sua estreia. Nas 11 faixas com 47 minutos de duração, eles conseguem manter o interesse do ouvinte. A banda conseguiu manter as suas raízes da velha escola, capturando a energia que exibida em meados dos anos oitenta. Semelhanças com Judas Priest, Raven e especialmente os dois primeiros álbuns do Iron Maiden é muito evidente, e versão cover da banda de "Killers" é um tributo adequado. Eles também utilizam alguma guitarra harmonizada saborosa que muitas das bandas de heavy metal tradicional trouxeram de volta aos dias de hoje, mais notavelmente em "Fields Of The Burnt" e "In Arcadia Go", em que este último poderia ser descrito como a própria versão da banda de "Aces High." Há também algumas dicas de thrash metal em todo o álbum, mais notavelmente em "Shot To Hell" e "Decimated." O vocalista Ian Swift tem algumas semelhanças com o original vocalista dos Maiden Paul Di'Anno, mas ele também é capaz de bater essas ridículas notas altas de John Gallagher. A chacina nunca pára não está definindo quaisquer novos precedentes dentro do género, mas este é um tradicional heavy metal bem tocado que definitivamente capta o início até meados da década de oitenta e soa muito bem.




Тemas:
01. Mace Imperial
02. Race Against Time
03. Fate
04. Fields Of The Burnt
05. Into The Nexus
06. Decimated
07. In Arcadia Go!
08. Killers (IRON MAIDEN cover)
09. Flayer Psychosis
10. Shot To Hell
11. Midnight Mass Destruction

Banda:
Ian Swift - Lead Vocals
Sean Jefferies - Guitar
Liam Thompson - Guitar, Backing Vocals
Ian Fulton - Bass, Backing Vocals
Gary Young - Drums, Backing Vocals


Sem comentários: