domingo, 15 de fevereiro de 2015

Manilla Road - The Blessed Curse (2015) USA



Manilla Road banda formada em 1977 estiveram na iminência de se tornarem enormes, mas nunca conseguiram obter o sucesso que eles tão mereciam.
"The Blessed Curse " é o 17 álbum da banda, está cheio de canções que vão agradar aos seus fãs, mostrando exactamente por que é que esta banda tem um número tão grande de seguidores na cena underground, esta versão tem de ser ouvida, amada e adorada.
"The Blessed Curse " leva o ouvinte para o tempo dos Sumerians é um CD majestoso e inteligentemente pensado que é absorvente e mostra os imensos talentos da banda.
Há imensos destaques aqui, a faixa título "The Curse Blessed" abre o disco, a sua abertura lenta melancólica logo dispara numa canção animada.
"Tomes of Clay" é firme e uma canção incrível, seus oito minutos de deliciosa musicalidade tomando-o numa viagem de descoberta, é um tema que eu tenho ouvido muitas vezes, sua entrega flutuante não só é arrepiante, é de tirar o fôlego, como a história se desenrola e quando a música atinge os seis minutos, ela realmente queima no seu coração com a imposição do guitarrista, esta é uma pista fenomenal.
Há faixas poderosas como "Truth in The Ash" que exalam tradicional metal com alguns riffs brilhantes e bateria que fazem abanar um morto vivo! Como, aliás, " The Dead Still Speak " vê a banda executar literalmente, eu gosto do conteúdo lírico e como Manila Road nos leva numa jornada épica através da história antiga.
Em seguida, há belas faixas acústicas como "Falling" aqui o solo é sublime, uma linda balada.
Existe aqui muito para adorar e desfrutar, existem doom riff carregados uma abundância em canções como "Kings of Inventions" e "Luxiferas Light".
Bateria Furiosa juntamente com guitarras crocantes, emanam dos alto-falantes em "Reign of Dreams" este álbum deixa-o preso, com seus diferentes tons de metal vão entusiasmar e confundir os seus sentidos
"Sword of Hate" proporciona um tema de sustento Metallic levando a faixa final "Musas Kiss" um conto épico para acabar o "The Curse Blessed"
Manilla Road, nos últimos anos tocou no Sweden Rock, Hellfest e Metal Days Festival. Por toda a Europa, América do Sul, Canadá - em todos os lugares com casas cheias. Partilhando os estádios com Kiss, Rush, Hawkwind, Megadeth e bandas como Raven, Bullet, Omen abriram para eles, para citar apenas alguns.
“After The Muse” inclui músicas mais calmas, principalmente, canções que evoluíram ao longo de vários anos e algumas das quais foram gravadas com músicos convidados.
Ao exibir fitas antigas para a série de re-lançamento em Golden Core / ZYX conheceu o baterista Neudi na canção "All Hallow's Eve", que foi gravado na sala de ensaios no início dos anos oitenta. Infelizmente, depois de cerca de 12 minutos, a canção acaba e a última parte deste tema foi perdido para sempre. A canção foi gravada e também apresenta a versão original com ex-baterista da banda Rick Fisher.
O resultado é puro old school Manilla Road!
Este álbum é uma verdadeira obra de arte para os amantes do metal como, aliás, é a capa do álbum, tem uma capa excepcional com um enorme álbum, a obra de arte é uma pintura a óleo de Paolo Girardi.
Possivelmente, um dos álbuns do ano!



Disco I
01. The Blessed Curse
02. Truth In The Ash
03. Tomes Of Clay
04. The Dead Still Speak
05. Falling
06. Kings Of Invention
07. Reign Of Dreams
08. Luxiferia's Light
09. Sword Of Hate
10. The Muses Kiss

Disco II
01. After The Muse
02. Life Goas On
03. All Hallows Eve [1981 rehearsal]
04. In Search Of The Lost Chord
05. Reach
06. All Hallows Eve 2014

Banda:
Bryan Patrick - vocals
Mark Shelton - guitars, vocals
Andreas Neuderth - drums
Josh Castillo – bass




1 comentário:

Anónimo disse...

looking for this (check the bonus tracks) http://www.metal-archives.com/albums/Manilla_Road/Metal_-_Invasion/426731