domingo, 22 de fevereiro de 2015

STEPHEN CHESNEY Ft. ROBERT MASON - ANNUIT COEPTIS (2014) USA



Após tê-lo mencionado na review do novo disco da norueguesa Issa, decidi procurar um pouco mais sobre este novo guitar-hero de quem tanto se tem falado mas cuja discografia pessoal, não existe; ainda! Stephen Chesney é rapaz inglês que cedo se mudou para Los Angeles, em 2004. A partir daí, muitas coisas aconteceram, mas a mais notória foi o reconhecimento do seu talento pela Fractal Audio, que em 2011 lhe deu o endorsement para usar o Fractal Audio AXE-FX como seu equipamento. Coisa que poderia ser até banal não fosse o Fractal Audio um equipamento de topo para os especialistas das seis cordas; e que Stephen leva a conhecer a potenciais candidatos a guitar-heroes em convenções como a NAMM.
Voltando um pouco atrás, em 2007, juntou-se a Robert Mason; ex- vocalista de bandas como Silent Witness, Cry Of Love, Lynch Mob e actualmente nos Warrant; e juntos produziram 2 temas que lhes valeram o prémio de melhor nova banda nesse mesmo ano.


Mas os compromissos profissionais foram falando mais alto e só no final de 2014, mais exactamente em 17NOV.2014; é que é editado o primeiro EP do duo, com os dois temas já conhecidos e mais um, composto entretanto e para a referida edição. Nomes como Scot Coogan da banda de Ace Frehley; Koko Powell da Edgar Winter Band; faziam já parte do grupo que gravou os dois primeiros e premiados temas; "Devils Daughter" e "Breaking Down", entretanto regravados para este EP pela mão do conhecido engenheiro de som, Rob Beaton, que já trabalhou com Guns'n'Roses e Santana. O mais recente tema teve a participação de outros dois músicos conhecidos; Chris Frazier, actualmente baterista dos Foreigner, e Perry Richardson, baixista e ex-FireHouse.
A vontade de editar um àlbum está bem viva entre eles e este ano de 2015, poderá bem ser o tempo de Chesney e Mason, a hora de "Annuit Coeptis", expressão em latim que por grosso modo quererá dizer avalo, anuência, para iniciar algo forte e de prevalência; aliás, essa expressão está inscrita no verso do Grande Selo dos Estados Unidos; em que a figura central é um olho sobre uma pirâmide, e que nesse contexto, essas palavras expressam: "Ele, aprova o nosso empreendimento"; em que ele o olho representará o poder divino que tudo vê e protege. Sentimentos profundos que deram origem ao nome deste primeiro EP de Chesney & Mason, e que vos apresento agora aqui.
Três temas; Hard Rock Melódico, com muitas imagens de trabalhos passados como Lynch Mob, juntamente com um southern feeling, e uma secção de metais mais próprias do género Soul. Se o primeiro tema, "Devil's Daughter", é mais para Lynch Mob, já o 2º, "Breaking Down", é algo muito à Bon Jovi, um meio tempo de açucarar o ambiente. O 3º tema, "Bleed", já é algo mais Guns'n'Roses com uma abordagem algo Lynch Mob. Como podem constatar, motivos mais do que suficientes para conhecerem a perícia de Stephen, que tem um tom limpo e perfeccionista na sua abordagem à guitarra. Decidi colocar mais um tema; "For You", um instrumental que é "quaaaase" uma balada Blues. Entretanto, já vi e ouvi algo mais de Stephen e depreendi que, Neal Schon e os seus Journey, são a sua influência máxima, o seu outfit favorito. 
Actualmente, Stephen é patrocinado não só pela Fractal Audio Systems, mas também pela Seymour Duncan; Ernie Ball; Paul Reed Smith Guitars e a CAD audio. Se isto não diz que o rapaz é mesmo bom, talvez os videos abaixo vos convençam.
Esperando por um disco completo, deixo-vos com o que se pode arranjar por agora, de um não tão desconhecido e excelente guitarrista.
McLeod Falou!



Temas:

01 - Devil's Daughter
02 - Breaking Down
03 - Bleed
04 - For You 2011 (non EP extra track)

Line-up of:

Stephen Chesney - Guitars
Robert Mason - Vocals
Scot Coogan - Drums (Ace Frehley)
Rob Bloise - Keys
Koko Powell - Bass (Edgar Winter Group)
Jim Wheeler - Saxo (Slash)
Mitch Manker - Trumpet (Ray Charles)

Guests on "Bleed":
Chris Frazier - Drums (Foreigner)
Perry Richardson - Bass (Ex-FireHouse)









Sem comentários: