sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

UFO - A CONSPIRACY OF STARS (2015) UK



Uma coisa que me mantém interessado em UFO, e isso é Phil Mogg, o cantor de UFO (e membro fundador junto com Pete Way) uma vez que a banda foi formada em 1969, eu tinha 10 anos.
Os vocais de Phil ainda são sólidos; se falta um pouco de poder desde o dia do fenómeno da UFO mania, principalmente o impressionante álbum ao vivo "Strangers In The Night", embora ele faça mais por isso do que sua inimitável presença no palco.
Um grande número de membros passaram pelo UFO desde 69, com Michael Schenker sendo o mais famoso, no entanto esta última formação do UFO já dura quase 10 anos agora, e os álbuns que eles estão editando apenas ficam melhores, 'The Visitor "(2009) foi bom, Seven Deadly" (2012) foi muito bom, " A Conspiracy Of Stars' até tem muito para se gostar.
‘The Killing Kind’ tem um grande riff de abertura, a música é bastante básica, mas explode ao longo, com um estilo de cantar relaxado fácil de Mogg, um grande solo de Vinnie Moore ajuda a elevar a canção acima da média, um grande começo para o novo álbum.
'Run Boy Run' tem um som mais moderno, com um som de guitarra com um lado mais duro, mas sendo UFO, esta é uma grande faixa.
'Ballad Of The Left Hand Gun' tem uma introdução acústica bluesy, uma batida suave da bateria do retornar baterista Andy Parker, e, em seguida, a voz de Phils realmente eleva este título, ele só exala classe, mesmo depois de todos estes anos.
"Sugar cane" é a primeira faixa na base de teclados, e uma abertura soft com eles, permite que outra faixa bluesy floresça, um grande coro liderado por outro solo Vinnie Moore.
‘Devils In The Detail’ tem uma grande corrida no ritmo da guitarra terminando a faixa, com Vinnie sobrepondo um solo rápido e fluido.
O que é evidente até agora sobre esta obra é o alto padrão de escrita de canções, eles sabem o que funciona e o que devem fazer, depois de quase 45 anos na música.
As demais faixas são todas tão boas, não há pontos baixos neste álbum, e que faz com que seja muito difícil escolher um tema favorito, "Precious Cargo" é muito bonito, soando como um cruzamento entre zztop e Great White, como é 'Rolling Rolling'.



Тemas:
01. The Killing Kind
02. Run Boy Run
03. Ballad Of The Left Hand Gun
04. Sugar Cane
05. Devils In The Detail
06. Precious Cargo
07. The Real Deal
08. One And Only
09. Messiah Of Love
10. Rolling Rolling

Banda:-
Phil Mogg – Vocals
Paul Raymond – Guitar/Keyboards
Vinnie Moore – Guitar
Andy Parker – Drums
Rob De Luca – Bass




Sem comentários: