vote

segunda-feira, 30 de março de 2015

Grand Magus - The Hunt (Limited Edition) (2012) Suécia



Grand Magus esteve afastado algum tempo depois de ter lançado cinco álbuns em mais de uma década. Se você não conhece Grand Magus eles são uma banda de heavy metal da Suécia com um monte de influências que se misturam nas letras de power metal, um pouco do sul do hard rock e stoner metal, mas principalmente metálicos pesados. Originalmente a banda era estritamente stoner metal, mas as com o tempo se transformaram num estilo mais tradicional. Então, Hammer of the North acho que poderia dizer que foi o primeiro álbum de sucesso para eles em que apareceram em algumas listas no ano de 2010. Assim como com qualquer álbum de sucesso, a pressão é para criar um acompanhamento que seja digno e poder continuar a gerar mais interesse e negocio para a banda. Portanto, agora é 2012 e estamos perto do lançamento do sexto álbum de estúdio "The Hunt". Esse é um nome agradável para um álbum que tem temas míticos e épicos em suas músicas, mas que faz um sinal de desaceleração em termos de qualidade ou uma paragem no momento apenas de um nome?
Não é verdade.
A faixa-título já foi lançado como um vídeo lírico e verdade seja dita, é um das minhas canções favoritas do álbum.
E quando comecei a ouvir o álbum fiquei muito animado. As três primeiras faixas têm alguns ganchos e músicas carregadas de riffs que apelam para uma pessoa mais velha como eu, que sente falta dos riffs clássicos. O vocalista Janne "JB" Christoffersson parece canalizar os lendários vocalistas nos últimos dois lançamentos especialmente quando se trata da faixa de abertura. Desta vez Starlight Slaughter abre e imediatamente me lembra os Deep Purple dos anos 80, quando Ian Gillan voltou. Segue Sword of the Ocean que nos lembra quando os grandes riffs estavam de volta e um refrão que poderia se encaixar bem com 80 clássicos do heavy metal. Valhalla Rising é provavelmente a minha faixa favorita do álbum
Diga-me que não é uma pista cativante.
Mas, então, o álbum começa a perder do power. "Storm King" é mais de uma faixa de enchimento com um coro bastante genérico que você poderia encontrar nas músicas de Priest ou Saxon.
"Silver Moon 'é uma canção útil, mas por agora eu comecei a perder a chama do primeiro terço do álbum e como eu mencionei a faixa-título é a minha canção favorita, principalmente devido à forma como os versos são escritos. Os riffs são fantásticos, mas os versos não são iguais e me deixou decepcionado com a melodia. ‘Son of the Last Breath’ é uma partida enorme em relação ao resto do álbum. A primeira metade é uma faixa acústica no estilo folk que conta uma história. É a parte mais interessante da música como a última metade leva um pouco de enchimento e o refrão é épico e até introduz um pouco de base. ‘Iron Hand’ é uma faixa roqueira rápida que é levemente divertida, um pouco de aceno para os clássicos mais rápidos de Dio como We Rock. The Hunt fecha com 'Draksådd ", que termina o álbum com uma nota alta por ser um tema tipo roqueiro alto, que me leva de volta para o início do álbum.
The Hunt é no geral uma montanha-russa e não necessariamente o tipo bom. Eu estava esperando por mais consistência e depois de ser bombeado, em seguida, desapontado, tipo de desinteressado antes de tomar interesse novamente eu fiquei com um álbum em geral é apenas uma espécie de ok em relação ao Hammer of the North ou Iron Will (que tanto por sinal, também teve material de enchimento mas não tanto). Eu ainda recomendo dar uma olhada porque eu tenho certeza que existem pessoas que vão gostar mais do que eu e realmente é refrescante ouvir uma banda que traz de volta alguns sons e estilos que fizeram grandes músicas de metal décadas atrás.


Temas:
01. Starlight Slaughter (04:19)
02. Sword Of The Ocean (04:28)
03. Valhalla Rising (04:51)
04. Storm King (04:23)
05. Silver Moon (04:43)
06. The Hunt (05:24)
07. Son Of The Last Breath (06:50)
08. Iron Hand (03:44)
09. Draksadd (05:52)
10. Silver Moon (Demo) (Bonus Track) (04:40)
11. Storm King (Demo) (Bonus Track) (04:00)
12. Sword Of The Ocean (Demo) (Bonus Track) (04:15)
Banda:
Fox Skinner - Bass, Backing Vocals
JB Christoffersson - Guitars, Vocals
Ludwig Witt - Drums 



Sem comentários: