vote

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Pat Travers - Retro Rocket (2015) Canadá



Pat Travers é um daqueles raros músicos que sempre são citados junto a adjetivos como "lenda", "ícone", "gênio" e "mestre". Pode parecer exagero, mas o fato é que o guitarrista, cantor e compositor é venerado por uma enorme quantidade de fãs e de artistas consagrados mundo afora.
O canadense não apenas ajudou de forma significativa a moldar o hard rock, o heavy metal e o blues rock como conhecemos, mas também continua na estrada, incansável, desde a segunda metade da década de 1970.
Como o nome sugere, seu novo álbum "Retro Rocket", é um retorno ao seu glorioso início de carreira. Isso significa que ele foi buscar inspiração naquele período, mas não se trata de um mero pastiche.
Pat Travers não apelou ou correu para sua zona de conforto. O que temos aqui é um álbum que, sim, parece antigo, mas ao mesmo tempo tão original, audacioso e corajoso como os que ele fez naquela época.
Todos os timbres, arranjos, melodias e mixagens soam como se tivessem sido transportados em uma máquina do tempo diretamente de 1977. Mas, paradoxalmente, as canções são vigorosas, enérgicas, cheias de groove e trazem um frescor muito interessante.
A abertura com “Always Run” e “Searching for a Clue” não deixa dúvidas disso. O repertório não esmorece nunca e fica difícil mencionar destaques diante de uma performance tão surpreendente - incluindo aí uma voz poderosa, além de riffs, licks e solos arrasadores.
Com "Retro Rocket", Pat Travers desafia uma indústria onde quase tudo é efêmero e pré-fabricado e, mais uma vez, mostra que ele é o cara.

Fonte: http://www.territoriodamusica.com/rockonline/resenhas/?c=5507

Temas:
01. I Always Run
02. Searching For A Clue
03. Who Can You Turn To
04. Up Is Down
05. Mystery At The Wrecking Yard
06. You Can’t Get Their From Hare
07. I Am Alive
08. I Wanna Be Free
09. Hellbound Train
10. Looking Up (Live)
11. Lead Me Home (Theme from The Walking Dead)
Banda:
Pat Travers - vocals, guitars, keyboards
Sandy Gennaro - drums
Kirk McKim - guitars
Rodney O’Quinn – bass





Sem comentários: