domingo, 24 de maio de 2015

POST DA SEMANA

MICHAEL BORMANN - CLOSER (2015) ALEMANHA





Um dos melhores vocalistas da actualidade; ou pelo menos, um dos mais requisitados; está de novo em cena, pouco tempo após os Redrum, Powerworld, os Silent Force, e mais recente ainda, os Grindhouse. Mais um disco em nome pessoal; "Closer" já é o 5º disco a solo; e Michael promete continuar a editar a solo paralelamente ao que estiver a fazer com outro projecto de renome; é assim que compositores da qualidade de Bormann; Michael Voss; entre outros funciona, a mente não pára.
12 novos temas de puro hard rock melódico com muitos elementos de outros géneros que vão dando um tom ora festivo, ora mais pesado; ora mais épico, ora mais descontraído; ao novo trabalho. Americanizado é de certeza; muito de rock and roll, southern, blues, soul, elevam a fasquia para um patamar acima do esperado, isto em termos de reputação em nome individual. MB sabe bem escolher as àguas por onde navega; a sua voz não será algo de especial tipo Coverdale, Hughes, ou outro vocalista mítico, mas quando se sabe do assunto, escolher a área por onde se movimenta torna-se fácil e depois os pormenores que poderiam limitar o trabalho passam despercebidos ou deixam mesmo de existir. como já referi há algum tempo sobre MB, é um dos meus preferidos, porque pode não ter uma grande mas sabe colocá-la ao serviço daquilo que mais gosta de fazer, a musica, e torná-la no instrumento mais poderoso do seu trabalho. E por falar em trabalho, MB tocou todos os intrumentos neste novo disco, fora claro está as participações e ajudas que recebeu de familiares e amigos como Jean Bormann ou Eric Ragno, respectivamente.
Este disco pode ser algo que deixará muitos de vós, até certo ponto, decepcionados pelo facto de existir melhor para colocar como post da semana; não trás nada de novo, existem coisas melhores e talvez com mais motivos e pontos de interesse do que este; mas MB tornou-se num reputado músico e compositor do Hard & Heavy da actualidade, e como forma de homenagear essas suas qualidades há que fazê-las chegar aos mais novos no assunto do rock pesado, porque se muitos existem que querem ser estrelas do amanhã na diabólica industria da musica, este rapaz, nascido e criado na alemanha, é um exemplo a levar em consideração e estudo, porque o resultado do seu trabalho é de 1ª qualidade, e não fica nada a dever a ninguém, mesmo! Então para todos esses interessados, este disco é mais que recomendado! Para os restantes, o blog tem muito com que se entreterem, caso não estejam interessados e HardRock melódico "made in germany", mas com selo USA.
McLeod Falou!
Temas:
01. I'm Not Your Entertainment
02. Let's Make History
03. Never Say Die
04. Can't Get A Touch Too Much
05. Because we are the World
06. Living It Up
07. I wanna be a Rock Star
08. For this one time in life
09. Closer
10. Richmen's World
11. Down To The Bottle
12. Warrior
Músicos:
Michael Bormann - Vocals, Drums, Bass, Keyboards, Guitar
Jean Bormann - Guitar, Backing Vocals
Marco Grasshoff - Keyboards, Backing Vocals
Eric Ragno - Keyboards
Bobby Stöcker - Lead Guitars
Katie Juraschka - Backing Vocals


Sem comentários: