vote

sábado, 26 de março de 2016

POST DA SEMANA

Metal Church – XI (2016) USA




Quando os Metal Church lançaram o seu primeiro álbum há 32 anos, simplesmente chamado de "Metal Church", foi e é um marco no metal, seguido por "The Dark", um álbum que facilmente manteve o mesmo nível elevado como o de estreia.
Depois de ter publicado esses dois discos a banda teve que lidar com uma mudança na formação. O vocalista David Wayne deixou a banda e foi substituído por Herectic Mike Howe. Metal Church conseguiu lidar com essa mudança de uma forma excelente, já que "Blessing in Dishuise", “The Human Factor” e “Hanging in Balance” ajudaram a banda a continuar a sua viagem bem-sucedida.
Depois veio o período do grunge que tornou a vida difícil para as bandas de metal, a maioria não sobreviveu e Metal Church também parou suas atividades por alguns anos.
No novo século Metal Church voltou com uma nova formação e algumas músicas interessantes, mas foi o anúncio de Mike Howe voltar aos Metal Church, que se tornou viral na cena do metal e o fato de que Vanderhoof e Howe trabalhavam em novas músicas e num novo álbum para aumentar a nível de excitação.
"XI" é o nome deste álbum impacientemente aguardado que possui onze novas faixas. Depois de ter ouvido o disco várias vezes posso dizer-lhes que cada uma das faixas soa como se não tivessem parado por duas décadas. "XI" começa onde Metal Church terminou com "Hanging in Balance".
Kurt Vanderhoff arranca heavy riffs como se fosse a coisa mais fácil na terra e Mike Howe pode ficar mais velho, como todos nós, mas sua voz ainda é uma verdadeira joia no metal que enriquece cada uma das onze faixas do "XI ".
"XI" inclui tudo o que desejas ouvir de Metal Church. O tema de abertura "Reset" é um tema rápido que inclui todas as marcas registadas da banda, seguido de "Killing Your Time", que se sente como uma viagem de volta a "The Human Factor". Metal Church teve sempre faixas onde se incluem algumas guitarras acústicas. "Signal Path" é uma dessas faixas de "XI", começa com guitarras acústicas antes de Vanderhoff acrescentar o primeiro riff a este ritmo de metal moderado irresistível.
Um dos destaques no "XI" chama-se "Blow Your Mind". O início é lento e assustador que faz arrepios. A melodia, passo a passo, constrói uma faixa lenta e significa que Metal Church se encaixa perfeitamente na voz de Howe. Ele não está só cantando, ele transpira vida nesta faixa.
Todas essas músicas são boas, mas uma das melhores canções está no fim. "Suffer Fools" é o tema que fecha este tremendo álbum. É um refrão rápido e agressivo, que é um verdadeiro exagero.
Eu mencionei muitas vezes Kurdt Vanderhoof e Mike Howe, mas o álbum não soaria tão bem se não fosse também Rick Van Zandt (g), Jeff Plate (d) e Steve Unger (b) que fazem um grande trabalho.
"XI" é o retorno tão esperado dos poderosos Metal Church. Este álbum é 100% Metal Church.



Temas:
1. Reset
2. Killing Your Time
3. No Tomorrow
4. Signal Path
5. Sky Falls In
6. Needle & Suture
7. Shadow
8. Blow Your Mind
9. Soul Eating Machine
10. It Waits
11. Suffer Fools
Banda:
Kurdt Vanderhoof - Guitars (Presto Ballet, ex-Vanderhoof, ex-Hall Aflame, ex-The Lewd)
Mike Howe - Vocals (ex-Heretic, ex-Snair)
Steve Unger - Bass (Where Angels Suffer, ex-Chris Caffery)
Jeff Plate - Drums (Savatage, Trans-Siberian Orchestra, John West, ex-Wicked Witch)
Rick van Zandt - Guitars (ex-Rottweiller)







Listen Album

Sem comentários: