domingo, 29 de maio de 2016

POST DA SEMANA

INTUITIVE - Reset (2016) Portugal



"Reset" é o CD de estreia da banda INTUITIVE. INTUITIVE é um projeto Melodic Hard Rock do guitarrista Português Rui Martins, que com sua antiga banda Faithfull lançou dois estupendos álbuns do género durante a última década.
Depois dos Faithfull acabarem (a banda foi realmente bem-sucedida no Japão) o guitarrista e compositor Rui Martins continuou a compor música e a tocar ao vivo com sua banda de covers Roadies. É no meio da família Roadies que Martins encontra Alexandre Fernandes seu ex-vocalista e também ex Winesnake (banda de tributo Whitesnake) e nasceu os INTUITIVE.
A ideia era criar música classic Melodic Hard Rock com um som enérgico e moderno. Dono de uma voz profunda e grande presença de palco, Alexandre é a escolha certa para ser o vocalista.
Para o baixo, Martins convida seu amigo de longa data e ex-Faithfull Mário Barbosa, enquanto João Colaço (ex-Rage of Angels), um dos bateristas de sessão mais procurados em Portugal, grava as partes.
O álbum começa com a adequadamente intitulada "Start The Show", um hard rocker insuflável com um sentimento bluesy semelhante a Burning Rain. "Rock Bottom" proporciona mais Groove e acontece o mesmo com a intensa "Sweeter Than It Seems".
"Reason To Live" tem um sentimento Peterik / Pride Of Lions, segue-se "Take A Chance" que tem uma melodia quase pop / melodic rock.
"Gone" é um dos temas mais ao estilo AOR e um dos meus favoritos. Claro, INTUITIVE também oferecem duas baladas com base acústica "Love Will Save The Day", que aumentar o ritmo num estilo Tyketto, e mais tarde com o midtempo "Heaven", também com um perfume AOR. Com um som clássico melódico Hard rock que vão desde final dos anos oitenta / início dos anos noventa, INTUITIVE lançou um álbum de estreia verdadeiramente agradável chamado "Reset".
A banda não reinventa nada no género, não há necessidade disso, os fãs querem este som clássico e todas as peças se encaixam muito bem. Os ganchos são fortes, a banda soa muito bem e a produção é quente, melódica, polida.

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Aftershok - Detonate (2016) USA


AFTERSHOK está de volta em 2016 com Detonar, seu terceiro álbum. Para esta versão, o guitarrista George Mihalovich e o baterista George Borden uniram forças com novo vocalista Gord Sheffroth para criar 13 faixas de moderno clássico metal.

sábado, 21 de maio de 2016

POST DA SEMANA

Iron Savior - Titancraft (2016) Alemanha



O quarteto alemão de power metal, Iron Savior, lança o seu nono álbum de estúdio, Titancraft. Formados em 1996, Iron Savior teve a visão de criar tradicional power metal (com uma pitada de NWOBHM) usando o conceito de ficção científica nas letras. Embora a banda tenha passado por muitas mudanças de formação ao longo dos anos, o vocalista / guitarrista / co-fundador Piet Sielck continua a manter esta banda no ativo. Note-se, neste ponto, que Piet Sielck , um experiente produtor / engenheiro, também misturado e masterizado o álbum que é uma obra-prima sonora. Cada instrumento é claro e está presente na mistura, quando misturando perfeitamente no conjunto cria uma verdadeira obra-prima.
A breve introdução do álbum, "Under Siege", cria uma tensão enquanto tu ouves um pedido de socorro solicitando apoio do Titancraft . Isto leva imediatamente para as guitarras gritando e o ritmo urgente de "Titancraft". Este apelo às armas é apenas uma amostra do que está por vir. O primeiro single "Way of the Blade" , tem um sentimento NWOBHM com o trabalho de guitarra brilhante e a voz rouca de Piet. Este som vai ficar preso na tua cabeça e tu vais ficar cantando o refrão naqueles momentos de silêncio, onde tua mente ficou parada. "Seize The Day" segue com grandes letras mais a excelente bateria e licks de guitarra. Evocando a aura do Velho Oeste, "Gunsmoke" galopa da mesma maneira que os cavalos no início da canção fazem antes de terminar com música e tiros. Com as guitarras em chamas, "Beyond The Horizon" fala nos na psique de um soldado na véspera da batalha. O aumento mitológico e a queda de uma criatura que vendeu sua alma para o poder é descrito em "The Sun Won’t Rise In Hell" . A cadência de "Strike Down The Tyranny" vai-te obrigar a abanar a cabeça enquanto ouves uma impressionante execução de dupla guitarra. A mais despreocupada (mas não menos pesada) "Brother In Arms" comemora a vitória e a camaradagem. "I Surrender" uma power ballad muito bem-feita. A melodia robusta juntamente com a emoção evidente na voz rouca de Piet Sielck leva a melodia ao coração num nível pessoal. O hino "Rebellious" vai fazer-te cantar "Born to be Rebellious!", Como tu vais levantar o punho no ar.
Desde a primeira nota até o último riff de guitarra, este álbum não te vai dececionar. O som é mais rico, mais completo, mais pesado do que até mesmo os álbuns anteriores. Implacável e poderoso, Titancraft é um álbum que qualquer fã de metal deve ter. Com tantas grandes canções para escolher neste álbum, é quase impossível escolher uma como favorita.

sexta-feira, 20 de maio de 2016

3D In Your Face - Lost In The Volume (2016) USA



A banda 3D In Your Face de Omaha, Nebraska, EUA lançou o seu quinto álbum chamado Lost In The Volume.
No seguimento do álbum "Midnight Devils" em 2013, três anos depois, "Lost in the Volume" é uma mistura única de glam rock, punk da velha escola, e heavy metal que apenas esses meninos do Nebraska conseguem fazer.
Este álbum é uma dedicação ao seu amor coletivo de old school FM rock n roll radio. As mesmas estações de rádio que estão em cada pequena cidade em toda a América.
Combinando os ganchos de Cheap Trick com intenso trabalho de guitarra de Van Halen, 3D In Your Face oferece um disco honesto de Rock N Roll até á última música.
"Lost in the Volume" é honesto, emocional, e acima de tudo inspirado nos últimos dois anos que vivem a alta velocidade.

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Silent Delusion - In State of Delusion (2016) Portugal


Diz o Facebook:
Silent Delusion foram formados em 2004 por um grupo de amigos de Alenquer, Lisboa. Originalmente uma banda no sentido tradicional, Silent Delusion é hoje um projecto liderado por Gonçalo Antunes com os parceiros-no-crime Duarte Cruz e Daniel Pereira. O projecto é dedicado a perpetuar as composições originais dos Silent Delusion com a colaboração de vocalistas femininas convidadas que representam alguns dos melhores valores correntemente na cena metálica nacional. O estilo musica das composições dos Silent Delusion estão enraizadas no heavy metal, com o forte sentido melódico e uma sensibilidade pop, resultando no som acessível e cativante.

DRIFTING SUN - Safe Asylum (2016) UK


"Safe Asylum" é o novo álbum de DRIFTING SUN, uma banda britânica progressiva combinando sons clássicos com uma abordagem atualizada, resultando num produto Neo Prog cativante.
DRIFTING SUN é uma banda formada nos anos 90 lançando dois álbuns nessa década, mas, depois, entrou num hiato.
Após um intervalo de cerca de 18 anos, este novo trabalho é o resultado do membro fundador e tecladista / compositor Pat Sanders respirar nova vida com o projeto depois de voltar à música.
Pat Sanders trouxe uma mudança para a formação e a banda agora também inclui Peter Falconer nos vocais, Dan Storey nas guitarras e baixo, Andrew Howard nas guitarras e Will Jones na bateria.
Ouvi "Safe Asylum" e posso assegurar que Drifting Sun é formado por músicos qualificados e como banda eles exploram vários territórios musicais, mas nunca são demasiado complexos e sempre acessíveis.
As 2 primeiras faixas do álbum são bastante comerciais, algum tipo de Marillion / Hogarth mas com guitarras mais pesadas. É Neo Prog rápido com a orquestração brilhante e vocais fortes.
Há mais 2 músicas nessa linha, mas mais tarde a banda oferecem uma variação bem recebida incluindo rocking riffs, transformando as coisas, em algumas partes, quase hard rock. E quando interage com sintetizadores e altas harmonias vocais, perto do AOR.
Por outro lado, duas composições se referirem a clássico Prog com todos os ingredientes que tornaram o gênero popular, acrescentando acústica, piano (belas linhas) e vocais íntimos. Embora classificado como Neo Prog, "Safe Asylum" e Drifting Sun são na verdade muito mais do que isso, acrescentando ritmos cativantes, riffs hard rock e mesmo teclados estilo AOR na sua receita.
Canções fortes e diversificadas, musicalidade firme é perfeitamente complementada pela estupenda produção. Os vocais são absolutamente fantásticos e eu adoro o trabalho de teclado, que vai desde sintetizadores até piano de cauda.

terça-feira, 17 de maio de 2016

ToxicRose - Total Tranquility (2016) Suécia



A banda sueca Toxic Rose editou a sua estreia depois do promissor promo EP em 2012. É espetacular melódico hard rock / metal com uma forte dose de Modern Sleaze metal com poderosos vocais, guitarras agressivas, grandes melodias e um som bombástico no geral que vai agarra-te de uma só vez e no final vai-te deixar com fome de mais! Ele inclui uma mente aberta coisas com performances agressivas, firmes como canções infernais que lembravam a música de Crashdiet, o início dos Mötley Crue e Faster Pussycat, guitarras infernais e uma produção poderosa. Toxic Rose traz de volta o final dos anos 80, início dos anos 90, cena de metal sleaze com classe!

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Grand Magus - Sword Songs (2016) Suécia



Para o tradicional e verdadeiro heavy metal do novo século, é difícil bater Grand Magus da Suécia. Eles colocaram uma série de álbuns de clássico heavy metal consistentes durante os últimos dez anos ou mais. O seu oitavo e último álbum Sword Songs não é excepção. O trio tem outro grande álbum em suas mãos.
Provavelmente, tu podes descobrir a partir do título do álbum que aqui há um tema. Espadas, batalhas, guerra. Como heavy metal é isso? Claro, há os suspeitos musicais habituais. Riffs heavy de guitarra harmónicos, vocais e groove trovejando na secção rítmica. A canção pode vibrar com pressentimento pesado como em Master Of The Land, ou tomar um ritmo acelerado com Last One To Fall ou Forged In Iron, Crowned In Stee, uma canção com um agradável início acústico. Um interessante instrumental acústico vem com Hugr, possivelmente uma referência ao antigo termo nórdico para o pensamento ou mente. Ele lidera em algo familiar para os fãs de Grand Magus, um hino de metal épico. Every Day There's A Battle To Fight constrói igualmente uma dinâmica antes de subir para um solo guitarra épico.
Sword Songs é o Grand Magus que tu conheces e gostas. Portanto, tu vais querer comprar este álbum.

Vega - Who We Are (2016) UK



Se tu tens muita sorte, pode haver ocasiões na tua vida que quando encontras uma banda e percebes que descobriste algo especial. Claro que todos nós já ouvimos "grandes" bandas que lançam 'grandes' álbuns, mas Vega é de fato uma banda que faz com que os cabelos na parte de trás do seu pescoço se levantem e cria-te borboletas no estômago da emoção de ouvir as músicas num álbum pela primeira vez!
"Nós usamos o nosso amor pela música rock dos anos 80 em nosso favor, mas também temos injetado o nosso amor pelo moderno rock. Nós não estamos tentando refazer qualquer coisa: o som que conseguimos é 100% VEGA. Nós não queremos tentar adivinhar o que as pessoas esperam de errado ", diz o cantor Nick Workman.
E com o seu quarto álbum de estúdio, Who We Are, mais uma vez para a etiqueta Frontiers, Vega domina novamente para criar uma fórmula mágica, com 11 músicas concisas e fascinantes que são rock do início ao fim e vai-te deixar querendo mais! Desta vez, o álbum foi produzido e mixado por Harry Hess (Harem Scarem) e Vega vai embarcar numa turnê após o lançamento do novo álbum com os veteranos do Rock UK Magnum.
Who We Are vê verdadeiramente a banda levar a sua composição e desempenho ao próximo nível.

domingo, 15 de maio de 2016

Cold Truth - Grindstone (2016) USA


Cold Truth uma bada de Nashville, começaram no início de 2000 e com dois álbuns gravados, Cold Truth agora entrega o seu terceiro trabalho chamado "Grindstone" composto por 12 impressionantes faixas de hard rock baseado no blues. Também transmite a musicalidade e a sensibilidade harmónica da cena do southern rock (como Lynyrd Skynyrd) com muitas influências de bandas Britânicas (Bad Company, Whitesnake) e talvez uma pitada dos Montrose / Sammy Hagar e assim tens a essência do que esta banda oferece.
Sabemos que há muitas bandas "reminiscência / retro” oferecendo a sua opinião sobre a década de 70. Cold Truth serve ideias sólidas, mas não sacrifica a produção - como a clareza que está mais em linha com o cenário de hoje. "Grindstone" apresenta um quarteto que sabem o que quer executar, fazer as coisas corretamente e entregar uma frente sólida para regresso ao estilo bluesy hard rock que vai soar tão bem hoje como daqui a décadas.

sábado, 14 de maio de 2016

Ted Poley - Beyond the Fade (2016) USA


"Beyond The Fade" é o novo álbum solo de Ted Poley, mais conhecido como vocalista dos mestres do melódico rock Danger Danger, Ted Poley é também um artista solo realizado, tendo lançado dois aclamados lançamentos, "Collateral Damage" (2006) e "Smile" (2007).
A história de "Beyond The fade" começa após aclamado desempenho dos DANGER DANGER no Frontiers rock Festival em Milão, em 2014, quando Ted e a etiqueta desenvolveu a ideia de trabalhar juntos em algumas músicas novas. O passo seguinte foi falar com produtor Alessandro Del Vecchio ( HARDLINE , EDGE OF FOREVER) e com uma banda que ele montou, Ted atuou na segunda edição do Rock Festival Fronteiras . Alguns meses mais tarde, Ted voltou para a Itália para terminar os vocais no álbum.
Ted diz: "Estou absolutamente encantado com a forma como todo o álbum saiu Se eu tenho uma citação:". É incrível! " Meu grande amigo e co-produtor Alessandro Del Vecchio trouxe minha visão sonora à vida e nenhum pedido de mim era muito grande para ele em direção ao seu objetivo de fazer o máximo no álbum solo de Ted Poley "e ele certamente cumpriu a sua promessa. Tivemos muita diversão a fazer o álbum o que é óbvio quando o ouvires. Tu podes praticamente ouvir o meu sorriso, enquanto eu estou cantando. Decidimos fazê-lo soar grande e há uma tonelada de backing vocals (em alguns casos mais de 80 faixas deles!), Juntamente com grandes canções, solos guitarra melódicos, grandes batidas de baixo e bateria, todos em camadas com teclados muito bons. .. como um delicioso bolo musical! Poupar algum espaço para a sobremesa, eu sei que tu vais gostar deste! "
Com canções escritas pelos irmãos Tom e James Martin ( VEGA ) e "Hands Of Love" escrito por Tony Bruno / Joe Lynn Turner , o som do registro é nada mais do que Ted Poley no seu melhor, com hooklines imediatamente reconhecíveis, trabalho de guitarra incrível, produção impecável e total atitude dos anos 80!

POST DA SEMANA

Phantom 5 - Phantom 5 (2016) Alemanha



Com sua autointitulada estreia o supergrupo PHANTOM 5 vai abalar a base do melódico hard rock com um estrondoso álbum.
Formado por alguns dos astros do Melodic Hard Rock alemão incluindo o ex-vocalista dos Bonfire Noel Lessmann, o guitarrista ex Frontline Robby Boebel, o baixista ex-Scorpions Francis Bucholz e o baterista ex Jaded Heart Axel Kruse - juntamente com Michael Voss (Casanova, Bonfire, Mad Max, Schenker), a banda traz de volta o som clássico dos anos 80 / 90 com uma atmosfera muito especial.
"PHANTOM 5", o álbum, soa como um seguimento para o famoso “Fireworks” dos Bonfire com um toque de Frontline misturado com o Groove dos Jaded Heart. É uma mistura monstroosa com grandes partes de guitarra, bateria poderosa e melodias cativantes.
Aqui todas as canções são rock há moda antiga, mas com uma enorme produção atualizada, e são altamente influenciados pelas bandas acima mencionadas.
Como 'maestro', Michael Voss acrescentou alguns elementos americanos, dando um bom impulso extra para o resultado final e, na minha opinião, não há nenhum enchimento à vista. Músicas como "Blue Dog", "All The Way", "Someday" e "They Won't Come Back" são amostras perfeitas de música dos PHANTOM 5; cativante, melodiosa, com licks de guitarra incríveis, arranjos fortes e performances poderosas.
O tema mais hard "Don't Touch the Night" é claro que parece o título do primeiro lançamento dos Bonfire.
Mas é claro que não termina aí: "Renegade" é um grande rocker midtempo que ferve com o poder contido e tem um verdadeiro sentimento estilo Scorpions, enquanto "Flying High", acrescenta um pouco mais barulho e eleva a guitarra.
Há alterações de ritmo para a balada hino "Since You're Gone". É o que os Bonfire eram tão hábeis a fazer: do aço á seda, deslizando sem problemas de rock estádio para as baladas e também funciona bem para PHANTOM 5. Um dos muitos destaques é o já mencionado "They Won't Come Back", um poderoso rock em ritmo médio que mostra algumas das estrelas perdidas do hard rock.
" PHANTOM 5" é grande album, tem uma enorme sonoridade Melodic Hard Rock com um forte ataque de dupla guitarra, enérgica secção de ritmo e muito boas melodias vocais.
Como banda, PHANTOM 5 está unida, poderosa, entregando hard rock atemporal direto melódico com um lado envolvido em AOR.
Há uma forte vibração ao início dos Bonfire de todo devido principalmente dos vocais de Lessmann (que está numa boa forma de verdade), que está fazendo uma grande estreia.
Este deve ser um dos melhores lançamentos de clássico Melódico hard rock do ano, sem nenhuma dúvida.

sexta-feira, 13 de maio de 2016

38 Special – Classics (2016) USA


38 Special apresenta Classics que é uma colecção com algumas das melhores músicas da banda.
38 Special é uma banda norte-americana fundada por Don Barnes e Donnie Van Zant no ano de 1974 em Jacksonville, Flórida..38 Special é um calibre de armas de fogo muito utilizado e famoso por seu poder de parada e impacto, sendo considerado uma das mais potentes munições para revólver já construídas. O estilo inicial do grupo era o Southern Rock, igual ao do Lynyrd Skynyrd, banda do irmão mais velho de Donnie, Ronnie Van Zant.
Seus maiores sucessos foram "Caught In Up You" (1982), "If I'd Been The One" (1983), "Hold On Loosely" (1981, "Back Where You Belong" (1984), "Like No Other Night" (1987) e "Second Chance" (1989).
Em 2007, a banda abriu a festa "Lynyrd Skynyrd and Hank Williams Jr's Rowdy Frynds Tour".
Fonte Wikipédia

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Grand Rezerva - Hell And High Water (2016) Suécia




Little Caesar - Brutally Honest Live From Holland (2016) USA


Little Caesar publicaram um novo álbum duplo ao vivo chamado "Brutally Honest: Live From Holland" , publicado em 6 de Maio. Concerto gravado na cidade holandesa de Weert em 20 de junho do ano passado na sala de Muziekcentrum De Bosuil.
Little Caesar depois de "American Dream" seu quinto e mais recente trabalho publicado no ano passado, a formação surgiu num momento em que a laca, maquiagem e imagem era primordial nos meados dos anos oitenta, agora anunciam dois novos componentes, tais como o baixista dos The Four Horsemen Pharoah Barrett e Alex Kane na guitarra, ex componente Live, Sex & Death, Marky Ramone e Richie Ramone, juntamente com seu líder e cantor Ron Young, Loren Molinare na guitarra e Tom Morris para a bateria.
Os Little Caesar descarregam todo o seu rock duro com bom gosto bastante Glam e Soul em suas almas, profundamente ancoradas no estilo deste género desde os finais dos anos 80.

Astralion – Outlaw (2016) Finlândia



Esquece o dragão, esquece a espada - aqui está o verdadeiro power dos acordes! Bandas como Sonata Arctica, Thunderstone, Hammerfall, Stratovarius, o início de Blind Guardian e Yngwie Malmsteen são as influências mais notáveis no som dos ASTRALION.
Isso significa amplos coros, melodias volumosas, ataques de guitarra, bem como subtis interlúdios de 6 cordas neo-prog. "Outlaw" tem todos os ingredientes para fazer os exigentes fãs de heavy metal sorrir com satisfação.

Acacia Avenue - Early Warning (2016) Dinamarca


Em 2016, vemos o lançamento de uma obra-prima de melódico rock por Torben Enevoldsen novamente com um novo CD chamado "Early Warning". Esta versão inclui um folheto de 12 páginas e capa feita por Blekkmark Design Studio. Depois do lançamento de "Cold", Torben trabalhava dia e noite em novo material para o terceiro álbum, e até o final de 2015, o álbum foi concluído.
Rob Moratti (ExSaga, Final Frontier), Steve Newman (Newman), Torben Lysholm (Pangea, Mysterell) e Albin Ljungqvist estão mais uma vez compartilhando os vocais, junto com Andy Engberg (Sorcerer, Ex220 Volt, ExSection A) e Mats Levén (Candlemass , ExYngwie Malmsteen). Os convidados especiais são: Pontus Egberg (King Diamond), Peter Steincke (Fate), Anders Johansson (ExHammerfall, ExYngwie Malmsteen) e Johan Koleberg (Therion, ExSection A) Enevoldsen tocou baixo (com excepção de duas canções), os teclados e guitarras feitos por ele mesmo, bem como canta algumas músicas como leader e coro.
Dennis Hansen (Fatal Force) toca bateria (exceto numa música) e, como sempre, a maioria das gravações ocorreram na casa de Torben "Funny Farm Studios" na Dinamarca. Este novo álbum, intitulado "Early Warning", foi mixado e masterizado no Funny Farm Studios por Torben Enevoldsen. Enevoldsen também produziu o álbum. A ideia para Acacia Avenue começou em 2008. Membro fundador, Torben Enevoldsen (Fate, Fatal Force, Section A), passou a maior parte daquele ano escrevendo material novo. Algum deste novo material veio a ser muito melodic hard rock / AOR, e a idéia de fazer um álbum completo neste estilo surgiu rapidamente. A fim de apimentar as coisas no entanto, Enevoldsen decidi pedir a alguns bons amigos dele para participar, tanto como cantores, e também como compositores.
O álbum de estreia apresenta Tony Mills (ExTNT, Shy), Geir Rönning (Radioactive), Torben Lysholm (Pangea, Mysterell) e Lars Säfsund (Work Of Art) nos vocais. Torben tocou baixo, teclados e guitarras, bem como os vocais principais e coros feitos por ele mesmo em algumas músicas, e Thomas Heintzelmann (Decoy) tocou bateria.
O álbum de estreia foi lançado em Lion Music, em Janeiro de 2010. O segundo álbum, intitulado "Cold", foi lançado em junho 2014, através AOR Heaven e apresenta performances vocais de Rob Moratti (ExSaga, Final Frontier), Steve Newman (Newman), Torben Lysholm (Pangea, Mysterell), Albin Ljungqvist, Mikael Roupé (bamboo Brothers), Peter Sundell (Grand Illusion, Decoy) e Nicklas Sonne (Defecto, Section A).

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Acciaio Italiano Festival 6 - 14th May, Borderline (Modena, Italy)

JOLLY ROGER RECORDS





Acciaio Italiano ("Italian Steel") is a live festival born from an idea of Jolly Roger Records to promote best hard & heavy italian bands, arrived to 6th edition in a row. This year will take place in Modena (North Italy, near Bologna) at Borderline Club.

Doors opened at 17:00 PM,

ticket 6,00 €

We wait you, join us!

domingo, 8 de maio de 2016

Shotgun - Live - Down Decadencia Drive (2016) Suécia


Hard rockers Suecos Shotgun lançaram o seu novo álbum ao vivo "Live - Down Decadencia Drive". Um trabalho com uma parte da formação original dos Shotgun Messiah está agora lançando o seu álbum ao vivo com todas as músicas do primeiro aclamado álbum Shotgun Messiah.
É o resultado desta colaboração resulta um bom álbum ao vivo que captura os nervos, os riffs, a atitude – deste espectacular estilo que já foi a marca registada dos Shotgun Messiah.

The Rides - Pirced Arrow (2016) USA


Stephen Stills, Kenny Wayne Shepherd e Barry Goldberg divertiram se bastante com Can not Get Enough , o seu primeiro álbum como The Rides, que decidiram gravar mais um três anos depois. Chamado Pirced Arrow, o álbum é bastante semelhante ao da estreia em 2013. Os dois vocalistas / guitarristas fazem duelos com suas seis cordas e canções novas, permitindo covers como o clássico "My Babe" na mistura. Stephen Stills ainda favorece as estruturas elásticas agraciado por harmonias folk, uma técnica que não se sente estritamente nos blues, mas fornece uma boa contrapartida para o grande Shepherd , que continua a privilegiar os 12 compassos dos blues.

Marauder - Bullethead (2016) Grécia



A banda de metal Marauder da Grécia tem sido consistente. Eles a cada quatro anos têm gravado e lançado um novo álbum e Bullethead é o seu sexto álbum e o mais recente. Mas este álbum vem com uma mudança. Marauder tem novo vocalista Nikos (Mygas) Antonogiannakis.
O que não mudou e não menos importante é o compromisso dos Marauder em tocar clássico heavy metal. De todos os elementos que compõem este género clássico, a banda trabalha vários destes elementos muito bem. Um deles é a harmonia da dupla guitarra. Marauder oferece riffs melódicos vivos. Outro elemento, está relacionado com o primeiro, é uma abundância de solos de guitarra explosivos, algo que alguns dizem definir o tradicional heavy metal. Se tu gostas de trabalho de guitarra habilidoso, tenho a certeza que vai gostar deste álbum. Uma terceira e proeminente característica no som dos Marauder é o contagioso groove rock da secção rítmica. É o motor que mantém a banda em movimento. Realmente não podem poupar neste elemento necessário. Metal verdadeiro que tanto vai batendo na tua cabeça como vais batendo o pé. Quando estes elementos trabalham em conjunto tu obtens o groove e as guitarras de Spread Your Wings, Dark Legion, e Predators, e ficas preso no início da última canção. Épica bonita. Como os vocais de Antonogiannakis, ele é um cantor de metal limpo, com um pouco de aspereza na sua voz, mas sempre com grande alcance.

sábado, 7 de maio de 2016

POST DA SEMANA

The Order - Rock 'N' Rumble (2016) Suiça



Os Rockers suíços THE ORDER lançaram o seu novo álbum "Rock 'N' Rumble", e desde os primeiros acordes a banda declarou o seu manifesto musical: eles tocam hard rock da velha escola ao estilo dos anos 80, na sua maioria há maneira tradicional.
Desde o som clássico e estilo dos Kiss, Helix, Y & T, o início dos Def Leppard e Whitesnake para citar alguns, e já tens uma boa referência do que podes esperar dos THE ORDER e "Rock 'N' Rumble".
A fórmula dos THE ORDER é simples, construir canções em torno de um rock groove contagiante, harmonia vocal / melodia e, de seguida apimentam as coisas com riffs cativantes e solos de guitarra em chamas. E eles são muito bons, eficazes no que fazem.
Mistura feita por Achim Köhler em Indiscreet Audio (Primal Fear, Edguy), a banda queria um som clássico, mas ao mesmo tempo atualizado para o século 21. E nesse aspecto eu posso ouvir alguma semelhança Gotthard / Shakra.
O tema de abertura 'Play It Loud', a faixa-título groovy, o midtempo realmente melódico ‘No One Can Take You Away From Me' (com uma forte vibração Whitesnake), e tanto "Wild One" como "Reason to Stay '(são um destaque) soando aos Kiss em 87 e estão entre os melhores temas no CD.
Para tornar as coisas um pouco melhores, os THE ORDER tiveram convidados nas suas canções como em 'Fight' (com um solo de guitarra do grande convidado Thom Blunier dos Shakra) ou o speedy 'Karma', com V.O. Pulver (Gurd, Poltergeist) compartilhando os vocais com principal vocalista da banda Gianni Pontillo.
Parece que THE ORDER também têm um lado mais suave com a balada de hard rock "Turn The Pages", mas a música ainda tem alguns riffs fortes e um acabamento forte na segunda metade.
"Rock 'N' Rumble" encontra THE ORDER firmemente estabelecido no seu estilo classic hard rock sound & Groove anos 80. A banda mostra as suas influências em todo o disco. A produção é limpa e polida o que ajuda a desfrutar destas 10 faixas ainda mais, por isso, se gostas de clássico hard rock dos anos 80, então vai gostar muito deste álbum.

sexta-feira, 6 de maio de 2016

KilliT - Shut It Down (2016) UK



Os membros dos Killit têm uma vasta experiência de percorrer o circuito ao vivo e hard rock, nascido de bandas que contou com membros atuais do Judas Priest e We Are Harlot, a banda começaram a provar o seu valor na capital tocando em shows esgotados no The Monarch, 12 Bar and Cargo.
Originalmente vindos de Hungria, Israel, Argentina e Grã-Bretanha, Killit foi fundada no início deste ano e rapidamente lançou seu primeiro vídeo para o single 'Shut It Down', que até à data acumulou perto de 100 mil visualizações.

Ibridoma - December (2016) Itália



Ibridoma da Itália e SG Records anunciam uma renovação de laços para o próximo quarto álbum intitulado "December". O álbum saiu no dia 6 de maio e tem dois convidados especiais, ambos ex-vocalistas para Iron Maiden: Paul Di 'Anno e Blaze Bayley.
A capa do álbum foi criada por Gustavo Sazes (Arch Enemy, Kamelot, James Labrie, Temperance).
A banda falou sobre o conceito do álbum: "Depois de se consumir todos os recursos da terra, depois de poluído o solo, o ar e o mar, depois de todos os animais mortos, cortar todas as árvores, apenas permanecerá desolação e silêncio... Antes de chegar o inferno, vamos perceber que devemos parar e reflectir sobre o significado de toda essa violência, e, finalmente, tentar mudar o nosso comportamento! Como seria o mundo sem o homem? ... December "
"December" é uma outra evolução do som dos Ibridoma, O novo álbum não te vai decepcionar.

terça-feira, 3 de maio de 2016

Tigertailz - Blast (2016) UK


A história de Tigertailz é um bocado estranha, afinal quantas outras bandas Welsh Glam tu conheces? Pensava assim.
Agora, através de julgamentos e contrariedades a banda sobreviveu, de uma forma ou de outra não parou estes glam maníacos desde a aquisição de novos membros e continuam novamente, como deveriam ser.
Com apenas Jay Pepper a ser um membro original, bem esta é uma nova banda, na realidade, mas o estilo é mais ou menos fiel ao estilo da banda talvez com os vocais sendo um pouco mais "desenvolvidos". As canções são cativantes, uma espécie de humor com temas como "Pipped It Popped It" (um vídeo / single) ou "Bop Bop You" e um pouco mais rock como o tema de abertura "Just for One Night".
A banda tem passado por altos e baixos, teve que continuar e esforçar-se até mesmo neste álbum o que é uma prova de sua determinação.

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Michael Schenker's Temple Of Rock - On a Mission - Live in Madrid (2016) Alemanha


Sem dúvida, um dos tours mais intrigantes dos últimos tempos para os fãs de clássico rock e hard rock foi quando o lendário guitarrista Michael Schenker reuniu com seus antigos companheiros da banda Scorpions, baixista Francis Buchholz e o baterista Herman Rarebell, para um tour em todo o mundo. E no dia 6 de maio, uma das performances de destaque de toda a turnê vai servir como base de uma nova versão de CD e DVD, 'On a Mission: Live in Madrid ".
Gravado e filmado no Joy Eslava, em Madrid em 19 de novembro, 2015 (e também com o cantor Doogie White e guitarrista / teclista Wayne Findlay), todas as fases da longa e sinuosa carreira de Schenker são tocadas, incluindo UFO ( "Lights Out"), os Scorpions ( "Coast to Coast"), MSG ( "Victim of Illusion") e Temple of rock ( "Live and Let Die"), incluindo várias surpresas especiais, como um tema de maior sucesso dos Scorpions ', " Rock You Like a Hurricane".

DragonForce - Killer Elite (2016) UK



Dragon Force apresenta uma coleção das melhores canções do Reino Unido, tocadas em Power Metal e conhecido como uma das bandas mais rápidas neste modelo. Um dos poucos grupos cujos membros são representantes de seis países: Ucrânia (Vadim Pruzhany), Nova Zelândia (Sam Totman), o Reino Unido (Marc Hudson), francês (Frédéric Leclercq), Itália (Gee Anzalone) e China (Herman Li).