segunda-feira, 18 de abril de 2016

Holy Dragons - Civilizator (2016) Cazaquistão


Banda de metal final do Cazaquistão está de volta! Depois de um hiato de dois anos Holy Dragons voltar com seu XV álbum, e devo dizer que eles estão em muito boa forma. Seu álbum anterior, Dragon Inferno, tem um pouco de tempo stereo, quando surgiu em 2014, mas havia algo com ele que simplesmente não satisfez.
Desta vez, no entanto, há muitas coisas acontecendo em canções como a excelente faixa-título (que, como o seu título pode denotar, é uma brincadeira emocionante através de território Judas Priest) e o estilo folk metal de Secret Friend sobe em todas as paradas para provar que Almaty não é um deserto de metal.
Em comunicado de imprensa os estados da banda "Isso é puro clássico old school heavy metal com a influência das escolas de metal britânicas e alemãs a ser claramente evidente", e realmente, não há melhor maneira de descrever Civilizator.
O vocalista Alexander "Demoraivola" Kuligin tem todos os movimentos certos para realizar ele próprio com os seus homólogos ocidentais mais ilustres, enquanto os guitarristas Jurgen Thunderson e Chris "Thorheim" Caine ambos claramente conhecem os Smith, Murray , Tipton e Downing livros de canções de trás para a frente . Mas talvez o melhor desempenho venha do baixista Ivan Manchenko; Não contente em apenas combinar o baixo com o baterista Antonio "Deimos" Repablo e fornecer a base habitual para os guitarristas mostrarem a partir daí, ele vagueia por todas as músicas na melhor tradição de Steve Harris; É um bravo desempenho e que acrescenta interesse real nas canções.
A tentativa Épica em No Oil-No War pega numa ideia razoável e apenas sobrecarrega-la um pouco, mas realmente é o único inconveniente que este álbum possui. E enquanto canções como Hawker Hurricane podem usar suas influências um pouco demasiado impetuosas em suas mangas não há como negar que, se quando trata da crise de Holy Dragons são uma boa banda e merecem um pouco de tempo e atenção, se gostas de simples, old school metal executado com paixão e sinceridade.



Temas:
1. Civilizator
2. Singularity
3. Through the Walls of Lies
4. Bat Bomb
5. My Fear (Litany)
6. Secret Friend
7. No Oil – No War
8. The Long Earth
9. Blossoming Sakura
10. Hawker Hurricane
11. Emptiness (The Void)
12. Stop the War
Line up:
Alexander “Demoraivola” Kuligin – lead vocals
Jurgen Thunderson – lead and acoustic guitars, synthesizers, backing vocals
Chris “Thorheim” Caine – lead and acoustic guitars
Ivan Manchenko – bass guitar
Antonio “Deimos” Repablo – drums



Listen Album

Sem comentários: