Primal Fear - 16.6 Before The Devil Knows You're Dead (2009) Alemanha


Como fã de Primal Fear, fiquei impressionado com este trabalho. Não para diminuir a qualidade de, digamos, Nuclear Fire ou Black Sun, ambos excelentes, mas acho que o Seven Seals foi totalmente envolvente e brilhante. New Religion seguiu como outro feito emocionante. 16.6 (Before The Devil Knows Your Dead) encontra os Primal Fear visitando o passado e o presente para oferecer, possivelmente, seu desempenho máximo. No caminho para 16.6, Primal Fear conseguiu prender Magnus Karlsson, um dos meus guitarristas e compositores de metal favoritos.
Os pontos fortes dos Primal Fear sempre foram variados: composições fortes e variadas de melódico heavy metal, vocais agudos e agitados e arranjos vocais, uma seção de ritmo constante fundamentada por Matt Sinner e solos de guitarra rasgados. Todos os ingredientes perfeitos para fazer um álbum de metal sólido. Permitam-me citar alguns ótimos exemplos de cada elemento.
Em relação à composição da música, os Primal Fear me prendem quando impregna o melódico heavy metal com um forte groove rítmico. 'Smith & Wesson', 'Killbound' e o divertido 'Six Times Dead' se enquadram nessa categoria. Mas eles também me enganaram com o estilo prog. 'Black Rain', com sua mistura de movimentos e toques de guitarra no Oriente Médio. No entanto, os Primal Fear ainda podem se emocionar com uma combinação básica de heavy / power metal como 'Riding The Eagle' ou 'Night After Night'.
Ralf Scheepers é um dos melhores vocalistas de metal da cena (esqueça as comparações com Halford). Seus vocais são sempre nítidos, claros e perfeitamente executados para o arranjo: vigoroso e harmonioso em '16.6', rosnando e feroz em 'Killbound' ou apaixonado e alto em 'No Smoke Without a Fire'.
O que posso dizer sobre Matt Sinner e Randy Black? Desde o Seven Seals, fiquei impressionado com essa dupla. Eles não decepcionam aqui: juntos eles matam 'Six Times Dead' e 'Night After Night', para citar apenas dois. Individualmente, ouve o trabalho deles em '5.0 / Torn'. Além disso, para o crédito de Sinner, seus vocais principais na balada metal 'Hands Of Time' são realmente incríveis, assim como a música!
Finalmente, eu já mencionei que sou um grande fã de Magnus Karlsson, e seu trabalho ao longo de 16.6 é fenomenal. Em conjunto com o sempre confiável e criativo Henny Wolter, os Primal Fear são mais formidáveis do que nunca com um ataque de guitarra dupla. Tome nota da introdução do Eddie Van Halen de '5.0', mas também do trabalho de ornamentação em 'Riding The Eagle', 'The Exorcist' e 'Black Rain'. Coisas extraordinárias.
De fato, o oitavo lançamento de estúdio dos Primal Fear, 16.6 (Before The Devil Knows Your Dead) encontra a banda na sua melhor forma, oferecendo outro prato esplêndido de melódico heavy metal que é atraente e criativo.



Faixas:
01. Before The Devil Knows You’re Dead
02. Riding The Eagle
03. Six Times Dead (16.6)
04. Black Rain
05. Under The Radar
06. 5.0 / Torn
07. Soar
08. Killbound
09. No Smoke Without Fire
10. Night After Night
11. Smith & Wesson
12. The Exorcist
13. Hands Of Time
14. Cry Havoc
15. Scream
16. No Smoke Without A Fire (remix)
Formação:
Ralf Scheepers (vocais)
Henny Wolter (guitarras, vocais em “Hands of Time”)
Magnus Karlsson (guitarras, vocais em “Hands of Time”)
Mat Sinner – (baixo, vocais de apoio, vocais em “Hands of Time”)
Randy Black (bateria)








Share on Google Plus

About Roxx 2 Metal

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário