MAGNUM - Live At The Symphony Hall (2019) UK


No ano passado os MAGNUM apresentaram o seu 20º álbum de estúdio, “Lost on the Road to Eternity”. Quarenta anos após o lançamento do seu álbum de estreia, foi um ótimo CD que demonstrou que eles ainda estão fazendo ótimas músicas e pegaram fogo. O lançamento do álbum foi seguido por uma turnê de dois meses que terminou com um show em 19 de abril de 2018 no Symphony Hall em Birmingham. O evento foi gravado e agora está sendo lançado como "Magnum: Live At The Symphony Hall"
O alinhamento do show (e agora a lista de faixas do álbum) incluiu quatro músicas do último CD, juntamente com outras músicas de sua carreira. No entanto, a banda não está tocando apenas algumas versões do alinhamento de suas turnês anteriores - Magnum é uma banda que gosta de variar as coisas, então, por exemplo, “On a storytellers Night” não tem uma divulgação neste momento, apesar de sendo um favorito dos fãs.
Os Magnum têm material suficiente para variar o alinhamento e ainda manter os fãs felizes. Eles também variam como tocam as músicas para manter as coisas interessantes.
Com Lee Morris e Rick Benton agora firmemente incorporados nós notamos antes que a banda recebesse outro novo sopro de vida. Este rejuvenescimento também é evidente na interpretação do alinhamento principal desgastado pelo tempo. Benton tem feito alguns esforços para replicar (e em alguns casos aprimorar) as texturas originais do teclado ('Don't Wake The Lion' em particular parece mais recente do que nunca, e agora com uma infusão celta).
Eu sempre senti que com Mark Stanway na banda, os teclados eram muito baixos na mistura. Parte da reinicialização é que Benton tem mais espaço. Tony Clarkin nunca foi um solista particularmente convincente e agora, mais do que nunca, precisa de um contraponto adequado. Isso é evidente em 'How Far Jerusalem'.
Esse outro antigo pilar 'All England's Eyes' junto com 'Vigilante' reforça tudo o que é bom sobre Magnum e relembra as glórias do passado e os favoritos dos fãs. Se Bob e Tony, compreensivelmente, nunca recapturaram a pura exuberância da turnê de 1991, 'The Spirit', Lee e Rick certamente os manterão em alerta num futuro previsível.
Todo o amante da música sabe que o concerto de encerramento de uma longa turnê é sempre um evento muito especial.
Palavras ásperas têm sido ditas algumas vezes sobre o estilo vocal envelhecido de Catley - especialmente no contexto ao vivo - mas aqui ele está muito bem com Al Barrow sempre apoiando no coro e baixo.
Um destaque é a participação de Tobias Sammet (Avantasia, Edguy), que repete o seu dueto com Catley em 'Lost On The Road To Eternity' e reaparece para o final, outra excelente versão de 'When The World Comes Down'.
Rebecca Downes (de cuja banda Benton foi “roubada”) adiciona a voz em “Without Love” juntamente com outro veterano baseado em Birmingham, Lee Small (Shy / Phenomena).
Os Magnum nunca foram uma banda para ficar parada - Bob Catley e Tony Clarkin sempre cuidam disso. Nós dissemos antes que eles sempre parecem evitar aniversários significativos. Outras bandas (por meio de gerenciamento e rótulos) garantem que as conhecemos por meio de reciclagem de álbuns e shows ao vivo.
Este ano marcou o 40º aniversário do álbum de estreia dos Magnum (a música título 'Kingdom Of Madness', a única conexão neste alinhamento) e não vamos esquecer Wings Of Heaven: trinta anos jovens e lembrados em 'Don't Wake The Lion' .
Vamos celebrar, então, uma banda que - quarenta anos depois - ainda pode gravar.
Talvez Sammet acerte quando ele grita entusiasticamente “Magnum - a maior banda do mundo”. Eu não sei, mas uma das mais talentosas bandas com certeza que sim.





Тemas:
01. When We Were Younger
02. Sacred Blood 'Divine' Lies
03. Lost on the Road to Eternity
04. Crazy Old Mothers
05. Without Love
06. Your Dreams Won't Die
07. Peaches and Cream
08. How Far Jerusalem
09. Les Morts Dansant
10. Show Me Your Hands
11. All England's Eyes
12. Vigilante
13. Don't Wake the Lion (Too Old to Die Young)
14. The Spirit
15. When the World Comes Down
Banda:
Bob Catley – vocals
Tony Clarkin – lead guitar, vocals
Al Barrow – bass guitar, backing vocals
Rick Benton – keyboards
Lee Morris – drums






Share on Google Plus

About Roxx World

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário